bebes

Conheça algumas dicas para tratar assaduras em bebês

As assaduras são reações inflamatórias na pele de bebês e crianças, que causam ardência, dor, coceira, irritação e sensação de queimação. Normalmente, os pequenos que utilizam fraldas costumam ser afetados pelo problema por causa do calor, umidade e por causa do acúmulo de fezes e urina. Felizmente para os papais e mamães, algumas medidas podem ser adotadas para prevenção e tratamento dessas pequenas lesões, sem causar maiores complicações ao bebê. Confira abaixo algumas informações da Neo Química para entender e tratar o problema:

Prevenção

Algumas ações podem ser tomadas pelos pais para evitar que os bebês sofram com os problemas das assaduras. É importante higienizar corretamente os genitais e dobrinhas das pernas e bumbum. Além de evitar o risco de assaduras, esse hábito diminui as chances de infecções urinárias. Também é necessário secar bem a região, pois locais úmidos e quentes são regiões que facilitam a proliferação de bactérias e fungos. Trocar rapidamente a fralda após o xixi ou cocô também pode ajudar. Quanto mais tempo a criança ficar com a fralda suja, maiores são as chances de assar a pele.

Complicações

Se não tratadas, as assaduras podem evoluir para problemas de pele – como infecções bacterianas e alguns tipo de micose – trazendo desconforto para os bebês e preocupação para os pais. As regiões genitais, pernas e bumbum, como estão sempre cobertas por fraldas, costumam ser ambientes quentes, o que auxilia na proliferação dos fungos. As assaduras se manifestam por meio de pequenos pontos vermelhos que vão se multiplicando até a formação de uma placa vermelha sobre a pele. Isso é um sinal da proliferação dos fungos na pele do bebê. Caso a criança tenha alguns desses sintomas, é hora de procurar um dermatologista ou pediatra para avaliação do caso.

Tratamento

Após a assepsia, pode-se fazer uso de pomadas antiassaduras prescritas pelo pediatra, como o medicamento genérico nistatina + oxido de zinco, da Neo Química, que é líder de mercado dessa molécula. Tais pomadas podem ser usadas como prevenção ou no tratamento. O óxido de zinco é uma substância anti-séptica, secativa e anti-inflamatória, que atua diretamente na regressão de dermatites e outros problemas de pele.

Nistatina + óxido de zinco. Indicações: Para alívio das assaduras de bebês, principalmente relacionadas ao uso de fraldas. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Junho/2016.